terça-feira, 21 de abril de 2009

Qual a Importância de um Planejamento Estratégico em uma Campanha eleitoral?


Jornalista da Miami Marketing Magazine: Qual a importância do Planejamento Estratégico em uma campanha eleitoral?

Leopoldo Veiga - Vivemos em um país onde o investimento em planejamento estratégico para campanhas eleitorais ainda é muito tímido e isso se deve a vários fatores que iremos aqui abordar.

Recentemente em Conferência Internacional de Marketing Político em Miami, tive contato com os mais respeitados estrategistas de campanhas do mundo, dentre eles os que cuidaram da campanha do presidente eleito dos Estados Unidos da América, Barack Obama.

Muito conhecimento foi adquirido, porém, quando fazemos um paralelo entre a realidade dos Estados Unidos e do Brasil, vemos que existe uma distância entre a conceituação teórica e a prática. No Brasil, a corrupção está enfronhada no inconsciente popular, as pessoas “vendem” o seu apoio a determinado candidato por muito pouco. Diante desse panorama, existe alguma possibilidade de aplicarmos planejamentos visando à redução de gastos e a otimização de resultados?

Para melhor compreendermos, façamos uma diferenciação básica entre Marketing Político e Marketing Eleitoral, assim veremos se é ou não possível. O primeiro refere-se à construção de imagem de um candidato, não como um produto descrito dos famosos “quatro Ps” do marketing empresarial, mas como a adoção de conduta correta, de valores, de projetos sólidos e de um posicionamento junto aos mais diversos segmentos, divididos pelas diversas “redes sociais”. Isto cria no eleitor, não uma relação de troca, mas sim uma empatia e consequentemente a credibilidade ao ponto de desejar ter um representante que de fato lute por ele e por suas necessidades.

Quanto ao Marketing Eleitoral, este refere-se ao processo de uma campanha eleitoral, tem um “dead line” definido, e com os recursos disponíveis trabalha-se visando o sucesso nas urnas no dia da eleição.

Um bom planejamento estratégico faz com que aquele que pleiteia uma vaga seja no legislativo ou no executivo, crie uma relação de confiança com o seu “target” ou público alvo através de mecanismos de comunicação que mantém esta relação sempre atualizada.

Saliento que se este candidato não estiver disposto a buscar valores éticos e morais e vivenciar estes valores, ele pode até por determinado tempo enganar seus “seguidores” mas, como todo produto artificial, tem um prazo de validade.
Internalizar valores e lutar por uma política menos corrupta e mais ética deve ser a grande bandeira interna de cada um que está ou planeja um dia representar seus segmentos ou mesmo sua cidade em mandatos eletivos.

Um bom planejamento estratégico possui algumas etapas que devem ser respeitadas para que o resultado fim seja alcançado.

Começamos um processo de Planejamento Estratégico mapeando os procedimentos que serão adotados e a metodologia aplicada com um cronograma de atividades muito bem definido. Um “brain storm” é o ponto de partida, onde todos os envolvidos participam, mesmo sem ter muito conhecimento teórico sobre o assunto, mas carregam uma bagagem extraordinária que contribui sobremaneira para a fase seguinte. Esta primeira fase pode também ser classificada como METAPLAN ou Base para o Escopo.
Com as linhas de pensamento do grupo já bem definidas começamos a aplicação da Gestão Estratégica Orientada para Campanhas Políticas ou resumidamente GEOCAP, onde um mapeamento completo será feito, desde um minucioso detalhamento de todas as redes sociais e a aplicação de uma linguagem própria de comunicação para cada uma delas, passando pelos objetivos, focos estratégicos, as premissas do projeto, chegando nas Ações com os seus respectivos coordenadores.

Esta última fase do planejamento nos mostra claramente as ações geradas após um grande trabalho intelectual e como e quando as mesmas deverão ser executadas. Um cronograma ou “dead line” completo deverá ser feito e controlado diariamente para que o Planejamento se transforme efetivamente em RESULTADOS.

Após a rápida análise vemos que o Planejamento Estratégico é de fundamental importância e aqueles que pretendem não só se elegerem, mas construírem um projeto de poder, devem buscar uma ajuda profissional para um acompanhamento técnico.


Leopoldo Veiga Jardim

Nenhum comentário:

Loading...